Promad está de volta

Atualizado: 15 de Dez de 2020




Carlinhos conta com a participação da esposa Carol Marques, na área de Projetos
Carlinhos conta com a participação da esposa Carol Marques, na área de Projetos

Depois de quatro anos, a Promad Acabamentos (Promissão/SP) reintegrou o quadro de associados do Grupo ConstruSete, que passa a contar agora com 19 empresas associadas, somando 29 lojas, instaladas em 26 cidades do Estado de São Paulo e Mato Grosso do Sul.

De propriedade dos irmãos Rodrigo (45) e Carlos Eduardo Marques (47), a Promad trabalha com um amplo mix, do básico ao acabamento, e conta com uma equipe de 28 colaboradores.

“Não será tão difícil adequar nosso mix às marcas parceiras do ConstruSete, porque a nossa base veio do Grupo, no período em que fazíamos parte da rede – de 2012 a 2016”, acredita Carlinhos, que está à frente da Promad, enquanto Rodrigo se ocupa da administração da corretora de seguros que ambos mantêm na capital paulista.


Resgate da história

Em setembro de 2012, a Promad Acabamentos, indicada pelo atual presidente do ConstruSete, Avoir Silveira Jr. (Lins/SP), se associou ao Grupo e, representada pelo Carlinhos, teve uma participação muito ativa em todas as ações propostas. Inclusive, quando foi criada as Comissão de Negócios, em 2012, Carlinhos fazia parte e sempre foi muito presente em todas as reuniões, viagens e atividades.

Na época em que a Promad se associou ao C7, o pai Elias Marques (in memoriam), fundador da loja (5 de julho/1987), disse que o ingresso no Grupo ConstruSete foi o grande incentivo para realizar as mudanças necessárias e afirmou: “Vale a pena crescer enquanto você conseguir ter o controle de tudo, ou seja, crescer até aonde consegue ver”.


2016: duas perdas difíceis

Lembrança: Os irmãos com o pai Elias Marques
Lembrança: Os irmãos com o pai Elias Marques

Exatamente quatro anos após a associação ao C7, a Promad se desligou do quadro de associados. “Foi uma decisão difícil, mas era preciso! Meu pai ficou doente e uma avalanche de coisas estavam acontecendo. Perdemos naquele ano o contato com os amigos do Grupo e, infelizmente, o meu pai não resistiu à doença (câncer), com a qual vinha lutando há algum tempo”, relata Carlinhos.

Com toda a dor de perder o pai, um amigo e conselheiro da vida toda, os irmãos deram continuidade a alguns projetos e investimentos que vinham fazendo na área de acabamentos.

Mesmo distante, Carlinhos continuou acompanhando o C7 de longe, porque gostava de todos e torcia pelo sucesso do Grupo. “E agora surgiu a oportunidade de voltarmos a integrar a rede. Nossa expectativa é de fortalecimento da nossa marca junto aos fornecedores parceiros, além da possibilidade de aprimoramento na capacitação e desenvolvimento de toda a nossa equipe”, afirma o mais novo associado.

83 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo