Novas decisões



Em assembleia na última sexta-feira (23/04), os associados definiram várias questões que dependiam de aprovação para implantação. Também conversaram sobre mercado, conheceram novas ferramentas que podem ser utilizadas para aprimorar o atendimento e as vendas, e definiram as próximas agendas do Grupo.


Reuniões mensais agilizam decisões

Embora a pandemia esteja impedindo a realização das assembleias presenciais, os associados continuam mantendo as reuniões mensais por videoconferência, para não perder o dinamismo e dar sequência ao processo de desenvolvimento das ações e dos resultados das lojas do ConstruSete.

Na última sexta-feira (23/04), com a participação de 85% dos associados, uma pauta extensa foi discutida, sob a coordenação do gestor Marcos Biondi. Mas antes, todos puderam comentar sobre a performance de seus mercados durante o mês de abril, que de modo geral fechou com resultados satisfatórios, sendo que em algumas regiões, até ultrapassou a meta.

A grande discussão entre os lojistas foi a alta de preços da maioria dos produtos, o que mascara os resultados. Na opinião do empresário Celso Roberto Gomes, da Casa do Construtor (Bastos/SP), está havendo uma “ilusão”. “Quem não estiver vendendo 50% a mais do que vendeu em abril de 2020, faturou menos que no ano passado”, afirmou, com base no levantamento de custos que fez dos principais itens da loja.

Já o associado de Avaré, Antônio Figueiredo (Construfic), disse que considerando a venda nominal, abril/2021 será o melhor mês dos últimos dois anos. “Mesmo fazendo a média de aumento, considero que estamos empatando. Quem está estocado hoje tem um seguro contra a inflação, mas o capital de giro está ficando defasado”, disse.

Para o vice-presidente do C7, Eduardo da Silva Pinto, a média de vendas está acima do mês passado, mas percebe que o volume em produtos é bem menor. “A ruptura reduziu bastante, está se normalizando”, observa.


Vários assuntos

Além de discutirem também a contratação pelo ConstruSete da ferramenta Mais Zap, da Linstel, já em uso em algumas lojas, Biondi falou da retomada das visitas da arquiteta Cynthya Salies, para dar andamento ao projeto que vai dinamizar o layout das lojas, definindo já as próximas lojas por onde ela estará nos próximos dias:

- Pedrinho (Botucatu) e Casa Ferro (Dois Córregos): entre os dias 27 e 30 de abril/2021

- Bazar (Bauru) e Grupo JLF (Duartina): entre 10 e 14 de maio/2021

O gestor falou também dos novos parceiros – Blumenau, Duratto, Avant e Mor, que já se reuniram com os gerentes e compradores das lojas.


Agenda de Compromissos

11/05: Reunião de Diretoria

21/05: Assembleia mensal

12/07: Reunião com gerentes, com possibilidade de ser antecipada.

85 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo