top of page

Gestão de Categoria avança nas lojas do ConstruSete



A partir desse segundo semestre de 2022, o programa de Gestão por Categoria (GC) que vem sendo desenvolvido, desde agosto 2021 nas lojas associadas ao Grupo ConstruSete (C7), começa uma nova fase.

Nesta quinta-feira (30/06), as especialistas da Connect Shopper, Fátima Merlin e Maristela Lourenço, estiveram na sede do C7 (Assis/SP), para discutir a continuidade do programa e detalhar como será o trabalho daqui para frente.

“Criamos um primeiro programa de mentoria, que tinha como desafio trazer, nivelar e alinhar o conhecimento do GC e, ao mesmo tempo, fazer com que os participantes pudessem ter uma experiência prática, vivenciando o passo-a-passo”, diz Fátima Merlin, explicando que com base na sua experiência, é comum haver dificuldades e a teoria destoar da prática na hora da implementação.

Merlin explica que por esse motivo de 10 anos para cá a Connect Shopper trabalha o programa de mentoria unindo teoria e prática, para que cada um perceba suas limitações, oportunidades, gaps e crie processos de acordo com a sua realidade.

O que a especialista garante até aqui é que foi muito positiva a experiência com as lojas envolvidas. Todas conseguiram a seu tempo e ao seu modo absorver o conteúdo, aplicar e entender os benefícios e oportunidades que existem para o GC. “Foi unânime, entre as equipes, o quanto evoluíram e o fato de já estarem colhendo os primeiros resultados.


O Futuro do programa

Em termos de nivelamento do trabalho realizado nas lojas, segundo Fátima Merlin, foram identificados três grupos – um que tem alguns processos internos básicos para serem melhorados; outro que ainda requer uma parte de desenvolvimento e aprofundamento de algumas etapas, e outro que já pode que já pode caminhar para um universo chamado por ela de “desenvolvimento de categorias”, criando novidades.

“Como a nossa proposta sempre é olhar para as necessidades do cliente, nesta segunda onda a ideia é ‘clusterizar’ esses três grandes nichos e atender as necessidades de cada um”, informa.

O gestor Marcos Biondi relata que serão organizados grupos de Compras, de Marketing e de Logística das lojas, para gerar integração com o GC. Ele também adianta que os encontros com as equipes agora serão presenciais, para realmente promover uma mudança generalizada. “O GC, quando começa a ser tratado como desenvolvimento de categorias, fica diferente, porque começa a gerar o fluxo de tudo isso e colher os resultados desta organização”.



Especialistas visitam Cabana da Construção

Aproveitando que estavam em Assis, Fátima e Maristela estiveram também na Cabana da Construção, onde aproveitaram para ver as mudanças que vêm sendo realizadas na loja, a partir dos conceitos do GC.

“Ficamos bem felizes com a visita à Cabana, aliás, vamos visitar todas as lojas do C7. Percebemos o quanto a loja mudou seu layout e a categorização. A Anna (Kiara Furlan) é espetacular e os resultados são muito positivos. A loja ainda está num processo de transformação, reajustando as categorias, mas o que fizeram até agora já está surtindo resultados”, avalia Merlin.

Ela ressalta que o Gerenciamento por Categoria não é um projeto que tem começo, meio e fim. É um processo que tem que estar inserido no dia a dia das equipes, das áreas e da empresa para que possa estar em contínua evolução. Isso porque o consumidor muda, as tendências também, surgem novas categorias, novos segmentos, novas realidades e o processo precisa estar estruturado para que possa responder rapidamente a essas necessidades.

91 visualizações0 comentário

Коментарі


bottom of page