top of page

Françolin é a mais nova loja associada ao ConstruSete

Instalada em Monte Alto/SP, a loja é administrada pela família – Antônio Aparecido Françolin, Luciana Donizete Caetano da Costa Françolin (esposa) e o filho do casal, Wesley Nikolas Françolin


Wesley, Willian, Luciana e Toninho

São duas lojas – uma em Monte Alto, que vende do básico ao acabamento, tem dois depósitos e uma área de vendas de 484 metros quadrados; e a outra, considerada um ponto de venda, em Jaboticabal, que fica a 15 km da matriz. Mas para entender o início dessa história, vamos voltar um pouco no tempo.

Antônio Françolin (55), que já estamos chamando de Toninho, nasceu em Monte Alto e morava no sítio com a família. Com 22 anos, já casado com Luciana (51) e um filho de 3 anos – Willian Gladson Françolin (35) – decidiu ir para o Japão com a família. “Entre idas e vindas, moramos e trabalhamos lá por 10 anos, primeiro no ramo da construção civil e depois, na fabricação de peças de carro”, conta.

Ao longo desse período, retornavam para o Brasil, ficavam um pouco e voltavam para o Japão. Com o resultado do trabalho, fizeram um capital, compraram mais terras, mas tinham vontade de sair do sítio. Foi assim que decidiram, em 2003, abrir uma loja de material para construção na cidade.

Inicialmente, o prédio era alugado, mas a localização era central e o aluguel estava pesando. A solução foi vender o sítio e comprar um barracão, onde a Françolin Materiais para construção está instalada.

Toninho divide a administração da loja com a esposa Luciana, que cuida do Financeiro, e com o filho Wesley (28), que viaja todos os dias até Jaboticabal, para cuidar da segunda loja. O filho primogênito, Willian (35), se formou em Odontologia e tem um consultório em Monte Alto.


E o ConstruSete? 

Toninho, Wesley e Luciana, no dia 17 de novembro, na Assembleia do C7 - em Assis

Eles estavam em busca de uma rede e, por indicação da Andreia Lauer, muito conhecida do Grupo ConstruSete (C7) por conta da parceria antiga com a Cozimax, ficaram sabendo do C7. “Ela comentou que era uma rede muito boa, que funciona e fez essa ponte”.

Em agosto, Toninho Françolin esteve no Circuito de Negócios, em Marília, para conversar com o gestor Marcos Biondi e conhecer um pouco sobre a dinâmica de trabalho. Em outubro, recebeu na loja a visita do gestor, acompanhado do associado de Bauru, Marcos Cunha Vasconcelos (Bazar da Construção) e do associado de Lins, Avoir Silveira Jr. (Linenene). Em novembro, Toninho, Luciana e Wesley já participaram como associados da assembleia mensal do C7, na sede do Grupo, em Assis/SP.

“Qual é a nossa expectativa? Aprender muito, melhorar cada dia mais e ter a oportunidade de ver coisas novas”, afirma Toninho Françolin, que entre outras coisas, é torcedor do Corinthians (para alegria de uns e nem tanto de outros) e aproveita os momentos de lazer para jogar bola com os dois filhos. Ah, ele tem um neto – Guilherme, que vai fazer 17 anos em fevereiro, filho de Willian.

94 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page