Estamos divididos por gerações. Em qual delas você se encaixa?



Será que você é considerado “cringe”? Se não ouviu falar ainda sobre isso, não precisa dar busca no Google, vamos entender isso aqui rapidinho!

Primeiro vamos definir e diferenciar as várias gerações: Existe um consenso mundial a respeito da existência de quatro gerações: Baby Boomers, X, Y (ou Millennials) e Z.


Na classificação brasileira, as gerações estão divididas assim:


Baby Boomers: 1945 – 1964

Geração X: 1965 – 1984

Geração Y (millenials): 1985 – 1999

Geração Z: 2000 – Atual (embora já se fale também em geração Alpha: nascidos a partir de 2010)


E a palavra “cringe”, o que quer dizer? A gíria significa algo que é um mico, uma vergonha alheia.

Segundo artigo publicado no site Consumidor Moderno, os millenials, na visão da Geração Z, já não são mais considerados jovens. Eles são vistos pelos adolescentes e jovens adultos como pessoas mais velhas que tem certos costumes que já estão fora de moda — ou, como a Geração Z gosta de falar, “os millennials são cringe”.

Para eles, os millennials já estão tão ultrapassados quanto os Baby Boomers.

Vamos ver alguns exemplos, ainda segundo o artigo, do que é considerado “cringe” para essa nova geração:


- Tomar café da manhã — e, de fato, gostar muito de café, mesmo sem açúcar.

- Usar o cabelo dividido de lado, sapatilhas, calça skinny.

- Falar sobre boletos o tempo todo (ui!! Agora acertou em cheio todos nós! rs).

- Gostar da Disney, Harry Potter e Friends (caramba, me pegou de novo!)

- Preferir um estilo minimalista.

- Tomar litrão (não cerveja!)

- E acima de tudo, não saber o significado da palavra cringe (você não sabia?).


Agora, com tudo isso colocado na mesa e a divisão estabelecida, você pode se perguntar: E daí? Para quem está no varejo, é sempre bom conhecer, saber lidar com as diferenças e, principalmente, conseguir identificar e atingir o seu público de acordo.


#mercado #varejo #construção #civil #associativismo

91 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo