Corrida digital


Um levantamento feito no dia 31 de março entre as lojas que compõem o ConstruSete apontou que todas já tinham facebook, porém, apenas 40% das associadas tinham site; 20% tinham, mas apresentavam problemas – erro, fora do ar, abas com problemas etc. -; e o restante, 40%, sequer tinham um endereço eletrônico.

A partir desta constatação, o ConstruSete rapidamente começou a desenvolver, com o suporte da Empenho Consultoria, sites de vendas para o associado, priorizando as lojas que estavam enfrentando problemas mais urgentes – embora o segmento de material para construção tenha sido considerado essencial, algumas cidades não liberaram a abertura, mantendo as lojas fechadas por mais de 40 dias, o que exigiu um esforço maior para fomentar os negócios pela internet.


Segundo dados da ABComm (associação do setor de e-commerce), a quarentena tem servido para impulsionar a abertura de lojas virtuais no país. De acordo com a entidade, foram abertas cerca de 100 mil lojas virtuais entre o início de março e o final de abril. Ainda segundo os números da ABComm, a média mensal de aberturas antes da chegada do coronavírus ficava em torno de 10 mil novas lojas.

(Fonte: LinkedIn)

18 visualizações