top of page

Construfic recebe encontro do GC


Nesta quinta-feira (27/8), os participantes do Programa de Gestão por Categorias do Grupo ConstruSete (C7) estiveram em Avaré/SP, na Construfic, para mais um dia de grande aprendizado. E nem precisa dizer que a receptividade foi excelente, por parte dos gestores da loja e da equipe de colaboradores.

“Foi com grande satisfação que recebemos em nossa casa mais uma etapa do GC, um programa que tem sido muito bem aproveitado em termos de reciclagem da parte teórica e, principalmente com relação à avaliação e sugestões dos companheiros nos aprimoramentos da implantação do GC na Construfic”, declara o associado Antônio Figueiredo.

O encontro contou com a presença de vários associados – além das equipes das lojas – e ainda do especialista em “Pricing” (precificação), Leandro de Oliveira Silva. O tema é cada vez mais complexo e, ao mesmo tempo, estratégico para o varejo, considerando a comparação de preços entre lojas físicas e online.


Gestão de Pricing

Para Leandro, três pontos são fundamentais na busca por competitividade e rentabilidade: Custos, Produtividade e Resultado. Segundo o especialista, num cenário de crise o custo é um dos pontos mais importantes. “A formação e composição de preço de venda é dos principais fatores na garantia de maior rentabilidade e precificação assertiva. Pesquisas de preços, análise de comportamento do consumidor, cenário macroeconômico e concorrentes é cada vez mais determinante e imprescindível neste processo”.

No item “produtividade”, Leandro ressalta que é preciso comprar bem, vender bem e otimizar a rentabilidade. “A Gestão de Pricing é um grande aliado e fundamental para medir a produtividade da equipe de vendas ou comercial. Nenhuma oportunidade de vendas pode ser perdida. É preciso entender quais os motivos que estão fazendo o cliente não comprar com você e ir para o concorrente”.

E quanto ao resultado, o especialista explica que não é só faturamento, mas desenvolver métricas de acompanhamento e gestão dos resultados. “O prejuízo é cada vez menos tolerado ou aceito, seja na linha ou no produto que for, a rentabilidade precisa ser otimizada, neste sentido os indicadores são cruciais. O que não se mede não se gerencia!”

O associado Antônio Figueiredo considerou muito proveitosa a palestra de precificação. “Ficou demonstrada a profundidade do trabalho que temos que desenvolver nesse quesito, da mesma forma que foi o projeto do Gerenciamento por Categoria e do Programa de Desenvolvimento de Logística. Estou convicto que será essencial darmos continuidade nesta nova etapa de profissionalização do ConstruSete”, avalia.

Transformação dos negócios

As especialistas da Connect Shopper, Fátima Merlim e Maristela Lourenço, conduziram o evento de ontem na Construfic e ficaram muito felizes com tudo o que está acontecendo nas lojas do ConstruSete. “Estamos vendo na prática os ensinamentos aplicados no desenvolvimento do negócio. E isso não tem preço!”.

Fátima disse que a cada encontro o grupo tem apresentado uma grande evolução. “Cada um está agregando novas habilidades, novas competências, novos conhecimentos e tudo isso está transformando, pouco a pouco, o seu negócio. E temos aprendido demais com todos”, afirma.


Na visão das especialistas em GC, o conhecimento que se gera dessa vivência, dos dados, o que cada um aporta sobre a experiência do mercado local no setor de material para construção, tem transformado a todos de maneira pessoal, profissional e o negócio como um todo. “Como diz o ditado popular, se você quer crescer, evoluir, se desenvolver e tornar seu negócio sustentável e perene, o caminho é a mudança. Nos dias de hoje, a mudança é a única constante na prática”.



162 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page