Como manter um grupo coeso?


Todos que participam de uma associação sabem o quanto é difícil conciliar os diversos interesses dos associados e manter a sintonia. Isso é muito comum, porque as pessoas são diferentes, muitas vezes vivem outra realidade e num mercado totalmente adverso. Claro que esses fatores não deixam de ser um problema – quanto mais heterogêneo o grupo, maior a dificuldade de encontrar a sinergia entre eles.

No ConstruSete (C7) esta é uma preocupação constante: unir pessoas parecidas – às vezes até torcem para times diferentes, mas a essência, os princípios e os valores são muito próximos!

Além desse cuidado, o C7 tem regras muito bem definidas em seu Estatuto Social e em seu Regimento Interno, que são conhecidas e cumpridas por todos. E por último, talvez a característica mais importante, seja o equilíbrio emocional. Segundo o gestor Marcos Biondi, que conduz as negociações e muitas vezes atua como um conciliador, “os associados do C7 são bem estruturados emocionalmente. Isso facilita muito! São pessoas equilibradas, com sentimento muito parecido em relação à vida, negócios e relacionamento interpessoal”, define Biondi.

46 visualizações0 comentário